InícioEconomiaSeminário de abertura da Safra Cana 2017/2018 debate atual cenário para o...

Seminário de abertura da Safra Cana 2017/2018 debate atual cenário para o setor sucroenergético

- continua após a publicidade -

O prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, participou de um dos painéis do seminário Abertura de Safra Cana 2017/2018, realizado pela consultoria Datagro, na tarde desta terça-feira, dia 21 de março, em Ribeirão Preto. Essa é a primeira edição do evento, que teve como propósito reunir os principais líderes do setor, usinas, produtores e fornecedores de cana, para debater desafios e apresentar análises inovadoras para a atual safra de cana-de-açúcar.

Sobre a safra 2017/2018 que terá início a partir de abril – a usina Batatais deverá ser a primeira unidade a iniciar a safra -, Duarte Nogueira ressaltou aos participantes que está na torcida para que as expectativas sejam positivas e se confirmem para o setor.

“Vocês são planejadores, investidores e pessoas extremamente sintonizadas com a torcida, mas com o pé no chão de que a economia está de fato melhorando”, frisou.

Este ano, segundo os especialistas do setor, a previsão é de uma safra com queda de 5% na moagem, em função do envelhecimento dos canaviais de 18 meses para a safra 17/18; menos Açúcar Total Recuperado (ATR); com menos cana bisada, ou seja, cana que não foi colhida de um ano para outro; e pelo menos na região de Ribeirão Preto, com maior foco na produção de açúcar, sobretudo, pela variação dos preços dessa commodity no mercado externo, com a demanda que vem ocorrendo na Índia.

O agronegócio paulista apresentou crescimento de 64% nas exportações em comparação a janeiro de 2016 com mesmo período deste ano.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Entre os temas discutidos pelos especialistas ao longo da programação estiveram a Avaliação de mercado: Safra 2017/18; Finanças – Novas fontes de financiamento (mercado de capitais, IPO, M&A); Administração de risco no setor sucroenergético; Futuro da regulação; e a janela de oportunidade para continuar avançando no setor sucroenergético.

Além do anfitrião, Plínio Nastari, nomes importantes do agronegócio brasileiro estiveram presentes para disseminar as informações: o diretor da Sucden do Brasil, Luis Silvestre Coelho; diretor comercial da Louis Dreyfus Brasil, Carlos Franco; o presidente da Coruripe, Jucelino Sousa; o ex-secretário de Política Agrícola, do Mapa, Ivan Wedekin; o diretor do Departamento de Combustíveis Renováveis do MME, Miguel Ivan Oliveira; o coordenador-geral de Cana-de-açúcar e Agroenergia do Mapa, Cid Jorge Caldas; o presidente do Forum Nacional Sucroenergético, André Rocha; o secretário de Agricultura do Estado de São Paulo, Deputado Arnaldo Jardim.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

O Papa Francisco critica a prática de tratar Pets como filhos

O papa Francisco fez um apelo, nesta quarta-feira, para que pais e mães adotem crianças, e disse que “vivemos uma época de orfandade notória”.

Depois de vacinação em massa Serrana tem recorde de casos desde o inicio da pandemia

Se após 3 doses a cidade tem números maiores do que antes da vacinação, para o que serviu a vacina? Doria garantiu.

Aluno de academia morre por mau súbito.

As UPAs lotadas com gripe e corona depois de picada em massa, agora já estamos com uma pandemia pouco falada, mas será com frequência. Os efeitos.

IBGE oferece 266 mil oportunidades de emprego até 21 de janeiro

Agentes recenseadores deverão visitar 78 milhões de lares brasileiros Cerca de 78 milhões de residências brasileiras devem receber, a partir do dia 1º de agosto,...

Auxílio Brasil começa a ser pago nesta terça-feira

O custo para os pagamentos supera R$ 7,1 bilhões aos cofres do governo federal
- PUBLICIDADE -