Início Economia Passaredo demite 300 em Ribeirão, diz Sindicato dos Aeroviários

Passaredo demite 300 em Ribeirão, diz Sindicato dos Aeroviários

- continua após a publicidade -

O Sindicato dos Aeroviários do Estado de São Paulo informou nesta quinta-feira (23) que a Passaredo, empresa de linhas aéreas com sede em Ribeirão, anunciou uma demissão em massa de aproximadamente 300 funcionários.

Em 2013, a empresa teve o processo de recuperação judicial aprovado, mediante uma dívida de R$ 150 milhões.

O presidente da entidade, Reginaldo Alves de Souza, vem a Ribeirão nesta sexta-feira (24) se reunir com a direção da empresa para entender os motivos da decisão, tomada, segundo ele, sem qualquer consulta ao órgão trabalhista.

“Temos uma convenção coletiva que estabelece os critérios das demissões. Não é assim que se resolve os problemas. Tem que falar primeiro com o sindicato pra ver o que a gente poderia fazer, alguns instrumentos para evitar essas demissões em massa. São pais e mães e família”, afirma.

A Passaredo Linhas Aéreas nega a demissão em massa, mas confirma um alinhamento de malha com licença para pilotos e fechamento de duas linhas, em acerto com o sindicato.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Passaredo fala em reestruturação
Em nota, a empresa não confirmou as demissões, mas citou o cenário econômico e a retração do mercado sentida na aviação comercial e regional para confirmar que está em fase de reestruturação de suas operações, com previsão de redução nos destinos atendidos e desligamento de parte da equipe.

A Passaredo comunicou que Dourados (MS) e Uberlândia (MG) deixarão de receber voos da operadora, que negocia a devolução de seis das 14 aeronaves de sua frota e que a base da tripulação passará a ser exclusivamente Ribeirão Preto.

“É uma estruturação já prevista, inclusive os voos já foram até suspensos já tem mais de 90 dias. Isso é um ajuste de demanda que está se passando a aviação brasileira”, afirma o presidente da companhia, José Luiz Felício Filho.

A empresa confirmou, no entanto, que 18 destinos continuam em operação:
Araguaína (TO), Guarulhos (SP), Brasília (DF), São José do Rio Preto (SP), Goiânia (GO), Barreiras (BA), Porto Seguro (BA), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Cuiabá (MT), Palmas (TO), Sinop (MT), Três Lagoas (MS), Vitória da Conquista (BA), Ribeirão Preto (SP), Rondonópolis (MT) e Cascavel (PR) continuam em operação.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

República Tcheca autoriza o uso da ivermectina no combate da covid-19

Esta semana publicamos que o Japão também autorizou uso do medicamento para a mesma finalidade. Link na matéria

Em breve na cidade de Serrana não ocorrerá mais casos de Covid

Até sábado (6), 17.968 voluntários receberam doses pela penúltima fase do estudo, que segue neste domingo (7).

Dia Internacional da Mulher: Exames que toda mulher precisa fazer

O Dia Internacional da Mulher lembrado em 8 de março é importante para celebrar as lutas, conquistas e méritos das mulheres de todo o mundo.

Pararam tudo menos os impostos, taxas publicas, alugueis, pedágios, multas

Durante um ano brincaram com a população com abre e fecha, quando em Ribeirão nem tínhamos casos. Onde estão os hospitais de campanha e o dinheiro que o governo federal enviou?

Governo suspende recursos da Lei Rouanet para estado com restrição

Medida publicada nesta sexta (5) prevê que não serão analisados recursos de eventos que envolvam interação com o público, uma vez que tudo esta proibido
- PUBLICIDADE -