Início Economia Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de...

Bandeira tarifária de outubro é verde, sem valor adicional nas contas de luz

- continua após a publicidade -

A bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz em outubro será verde, sem custo para os consumidores de energia elétrica. Este é o sétimo mês seguido que a bandeira é verde, que significa que não haverá nenhum valor adicional a ser pago.

Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), os principais fatores que contribuíram para a manutenção da bandeira verde são a evolução positiva do período úmido de 2016, que recompõe os reservatórios das hidrelétricas, o aumento de energia disponível com redução de demanda e a adição de novas usinas ao sistema elétrico brasileiro.

O sistema de bandeiras tarifárias foi adotado em janeiro de 2015, como forma de recompor os gastos extras das distribuidoras de energia com a compra de energia de usinas termelétricas. A cor da bandeira que é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade.

Cores

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Desde o início da vigência do sistema, até fevereiro de 2016, a bandeira se manteve vermelha, primeiramente com cobrança de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, posteriormente, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3,00 a cada 100 kWh. Em março deste ano, a bandeira passou para amarela (com taxa de R$ 1,50 a cada 100 kWh) e, desde abril deste ano, ela é verde.

Segundo a Aneel, a bandeira tarifária não é um custo extra na conta de luz, mas uma forma diferente de cobrar um valor que já era incluído na conta de energia, por meio do reajuste tarifário anual das distribuidoras. A agência considera que a bandeira torna a conta de luz mais transparente e o consumidor tem a melhor informação para usar a energia elétrica de forma mais consciente.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Pararam tudo menos os impostos, taxas publicas, alugueis, pedágios, multas

Durante um ano brincaram com a população com abre e fecha, quando em Ribeirão nem tínhamos casos. Onde estão os hospitais de campanha e o dinheiro que o governo federal enviou?

Governo suspende recursos da Lei Rouanet para estado com restrição

Medida publicada nesta sexta (5) prevê que não serão analisados recursos de eventos que envolvam interação com o público, uma vez que tudo esta proibido

Prefeitura suspende atendimento presencial aos munícipes a partir de segunda-feira

Para os funcionários concursados e nomeado, este periodo tem sido uma maravilha. Um ano em casa com salário integral e benefícios.

Com restrições, lojistas de shoppings falam em demissões em massa

"O poder público deveria, desde o começo, manter hospitais de campanha, aumentar a testagem, reforçar a oferta de transporte público"

Agendamento para vacinação de idosos entre 80 e 84 anos será reaberto ao meio-dia desta sexta-feira, dia 5

Vacinação será na segunda-feira, dia 8, das 8h30 às 14h30, em 26 salas de vacina nas UBSs (Unidade Básicas de Saúde) distribuídas pela cidade
- PUBLICIDADE -