InícioDiversosVoluntariado: Profissionais doam seus conhecimentos às causas sociais

Voluntariado: Profissionais doam seus conhecimentos às causas sociais

- continua após a publicidade -

Leandro Guimarães vive dias agitados conciliando sua vida pessoal com a carreira. Ele é médico ortopedista e, desde 2012, ele atua como voluntário no mutirão social Voluntários do Sertão.

O mutirão de saúde itinerante Voluntários do Sertão oferece, anualmente e gratuitamente, atendimentos e exames médicos e odontológicos para populações do sertão brasileiro.

Para explicar as razões que o motivam a atuar em ações sociais, o Dr. Leandro é direto. “Atuo como voluntário pela vontade de ajudar as pessoas, da mesma maneira que um dia fui ajudado. Para mim, o bem que fazemos aos demais é infinitamente menor do que o bem que este voluntariado faz para nós mesmos”.

Os motivos que o fazem ajudar o próximo são os mesmos que o fizeram escolher pela medicina como profissão. “Nasci com uma alteração congênita rara na coluna cervical, diagnosticada aos 9 meses. Fiz uma cirurgia bem delicada aos 4 anos e, foi necessário acompanhamento intenso até os 19 anos, quando recebi alta. Basicamente, vivi a medicina intensamente desde muito novo e me apaixonei por ajudar as pessoas. Passei de um lado da mesa (paciente) para o outro (médico)”, conta emocionado.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

“Acredito que o voluntariado é uma grande chance de você focar na preocupação dos outros ao invés de se preocupar consigo mesmo. Isso ajuda muito na construção da resiliência. Nas minhas palestras sobre este assunto, sempre incentivo a prática do voluntariado em qualquer um de seus níveis”, acrescenta.

Além do projeto Voluntários do Sertão, o Dr. Leandro também disponibiliza seu tempo voluntariamente para outras causas. “O que mais me encanta é o sorriso e os olhares de gratidão das pessoas. Isso não tem preço!”.

Outro exemplo é o médico urologista Dr. João Cornicelli, que também atua como Voluntário do Sertão. “O agradecimento das pessoas é imenso diante do agradecimento que recebemos aqui pelo mesmo trabalho. Outro fator é a estrutura, por exemplo, uma pessoa passa mal e cai na rua aqui em Ribeirão Preto, em pouco tempo, alguém pedirá auxílio médico e essa pessoa será atendida. Lá no sertão não é assim”.

“Dentro do nosso país, eu acho que todo brasileiro, todo indivíduo da área da saúde, deveria colaborar um pouquinho”, completa.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Cerca de 40 mil pessoas não retornaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19

Dados são Vigilância Epidemiológica, que conclama a população a procurar os postos de vacinação e manter o controle da doença

“Concertos Internacionais” apresenta homenagem a Astor Piazzolla

Concerto será transmitido no dia 23 de outubro, às 19h, como parte das comemorações de 91 anos do Theatro Pedro II

Nogueira quer que você receba agua do Rio Pardo nas torneiras

Hoje a agua do DAERP é do aquífero guarani, uma agua mineral será substituída por aguas do Rio Pardo. Você aprova esta mudança?

Atenção: Alerta para tentativa de golpe contra aposentados

Instituto de Previdência orienta beneficiários a não informar dados pessoais ou bancários

Ditador Moraes manda prender e extraditar Allan dos Santos

Se não estamos vivendo em uma ditadura do judiciário, o que se compara com atitudes destes loucos? Maduro, Chaves, Alexandre de Moraes...
- PUBLICIDADE -