Início Diversos Voluntariado: Profissionais doam seus conhecimentos às causas sociais

Voluntariado: Profissionais doam seus conhecimentos às causas sociais

- continua após a publicidade -

Leandro Guimarães vive dias agitados conciliando sua vida pessoal com a carreira. Ele é médico ortopedista e, desde 2012, ele atua como voluntário no mutirão social Voluntários do Sertão.

O mutirão de saúde itinerante Voluntários do Sertão oferece, anualmente e gratuitamente, atendimentos e exames médicos e odontológicos para populações do sertão brasileiro.

Para explicar as razões que o motivam a atuar em ações sociais, o Dr. Leandro é direto. “Atuo como voluntário pela vontade de ajudar as pessoas, da mesma maneira que um dia fui ajudado. Para mim, o bem que fazemos aos demais é infinitamente menor do que o bem que este voluntariado faz para nós mesmos”.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Os motivos que o fazem ajudar o próximo são os mesmos que o fizeram escolher pela medicina como profissão. “Nasci com uma alteração congênita rara na coluna cervical, diagnosticada aos 9 meses. Fiz uma cirurgia bem delicada aos 4 anos e, foi necessário acompanhamento intenso até os 19 anos, quando recebi alta. Basicamente, vivi a medicina intensamente desde muito novo e me apaixonei por ajudar as pessoas. Passei de um lado da mesa (paciente) para o outro (médico)”, conta emocionado.

“Acredito que o voluntariado é uma grande chance de você focar na preocupação dos outros ao invés de se preocupar consigo mesmo. Isso ajuda muito na construção da resiliência. Nas minhas palestras sobre este assunto, sempre incentivo a prática do voluntariado em qualquer um de seus níveis”, acrescenta.

Além do projeto Voluntários do Sertão, o Dr. Leandro também disponibiliza seu tempo voluntariamente para outras causas. “O que mais me encanta é o sorriso e os olhares de gratidão das pessoas. Isso não tem preço!”.

Outro exemplo é o médico urologista Dr. João Cornicelli, que também atua como Voluntário do Sertão. “O agradecimento das pessoas é imenso diante do agradecimento que recebemos aqui pelo mesmo trabalho. Outro fator é a estrutura, por exemplo, uma pessoa passa mal e cai na rua aqui em Ribeirão Preto, em pouco tempo, alguém pedirá auxílio médico e essa pessoa será atendida. Lá no sertão não é assim”.

“Dentro do nosso país, eu acho que todo brasileiro, todo indivíduo da área da saúde, deveria colaborar um pouquinho”, completa.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Covid-19: governo anuncia resultado de ensaio clínico com nitazoxanida

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) concluiu o estudo clínico com o uso do medicamento nitazoxanida em pacientes na fase precoce da covid-19

#Fiqueemcasa: 42% dos brasileiros estão com menos dinheiro no bolso

E a narrativa voltara logo após as eleições, enquanto políticos, funcionários públicos tem o salário garantido, mesmo sem trabalhar.

Não falta quase nada para 2020. Fãs fazem episódio com final para ‘Caverna do Dragão’

2020 não é um ano qualquer, até isso rolou. Fãs do desenho animado adaptaram um final para trama e agora o mundo passa a ter um sentido.

Novo: “Quem não tomar vacina não deve frequentar espaços públicos”

João Amoedo, fundador do partido NOVO, defende obrigatoriedade de vacina ou impedimento de frequentar hospitais, ruas. NOVO só no nome.

O disco rígido de Hunter Biden revelou ‘Obsessões por menores’ e drogas

Grave: No Brasil muitos políticos estão presos aos chineses que através destes governam estados e cidades. Esta semana o mundo estremecera com informações vindo dos EU