InícioDiversosVocalista de grupo de pagode morre ao bater carro em poste em...

Vocalista de grupo de pagode morre ao bater carro em poste em Curitiba

A cada 15 minutos uma pessoa morre vitima do transito e 515.750 pessoas receberam amparo por invalidez no ano de 2015

- continua após a publicidade -

O vocalista do grupo de pagode Jeito a Mais, Francis Eduardo Rodrigues, 36, morreu depois de bater o carro que dirigia contra um poste, na linha Verde, em Curitiba, na madrugada de hoje.

O velório de Francis foi realizado, no cemitério municipal e foi restrito a 20 pessoas ara evitar aglomerações, seguindo recomendações de combate ao coronavírus.

Na pagina oficial do grupo, foi publicada uma nota.

A vida é mesmo um sopro…
Sabemos o quanto nosso irmão Francis Eduardo era querido por todos e que hoje, gostaríamos de conseguir, ao menos, nos despedir.
Infelizmente, junto a tudo isso, enfrentamos um momento de pandemia do COVID-19. Por este motivo, o velório e enterro será restrito apenas aos familiares.
Pedimos a compreensão de todos e respeito a família nesse momento tão difícil.
Em breve acharemos um jeito de fazer uma linda homenagem ao nosso grande Amigo! A família agradece a compreensão de todos!

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

De virada com gol aos 57 do segundo tempo Brasil vence

Com 100% Brasil se classifica em primeiro para segunda fase da copa América. Veja os gols

Copa América: Brasil e Colômbia se enfrentam pela liderança do Grupo B

Seleção brasileira é favorita, Equador e Peru tentam subir na tabela

50 vagas para Auxiliar de Cobrança com início imediato

Os interessados podem realizar o cadastro de seus currículos no site da empresa contratante para análise.

Ribeirão Preto terá drive-thru para arrecadar leite

Ação será realizada neste sábado, dia 26 de junho, em parceria com a Ourofino,

Pastor Ock Soo Park participou de entrevista ao vivo na Rede Super de Televisão

O tema da live foi: “Uma boa notícia da Coréia do Sul para o mundo”
- PUBLICIDADE -