InícioDiversosPrevidência: a maioria começa tarde

Previdência: a maioria começa tarde

- continua após a publicidade -

O advogado e especialista em previdência social, Hilário Bocchi, explica que o brasileiro só começa a pensar em aposentadoria entre os 35 e 45 anos de idade. Segundo ele é muito tarde.

“Um estudo revelou que 70,5% das pessoas acham que são muito jovens para pensar em aposentadoria, e 31,3% começam a pensar nela porque estão perto de se aposentar. Entre esses dois grupos de pessoas, daquelas que se acham jovens demais e o daquelas que estão próximas da aposentadoria, está justamente o período em que o trabalhador poderia poupar para ter um bom benefício, mas deixam de fazê-lo”.

Ele destaca que durante este período as pessoas deveriam planejar suas contribuições e programar o valor dos benefícios que receberão do INSS, mas não é o que está acontecendo.

“A identificação do valor que o trabalhador receberá futuramente do INSS lhe permitirá obter dupla vantagem: Investir na previdência pública apenas o valor que retornará na forma de benefícios e investir o valor remanescente ou excedente em previdência complementar. As pessoas que já possuem um plano de previdência privada, esse ajuste lhes permitirá potencializar os aportes”, explica.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Agora, confira abaixo as dicas que Bocchi deu em entrevista exclusiva ao site Em Ribeirão:

 

Ônus e bônus

O contribuinte tem vários motivos para se preocupar quando contrata um plano de previdência privada ou contribui para a previdência pública, mas todos os bônus que colherá compensam os ônus do investimento.

Na previdência pública o contribuinte deve observar que existem benefícios de risco e programáveis.

A forma de cálculo de um é exatamente igual a do outro, mas a visão futura do valor do benefício programável pode prejudica-lo na eventual necessidade de receber um benefício de risco, isso porque antecipará o tempo necessário e previamente definido para planejamento do benefício programado.

 

Seguro e previdência complementar

O antídoto para isso é a contratação simultânea de um seguro de vida e incapacidade.

Quanto a previdência privada (complementar), o participante deve observar as taxas que terá necessariamente que pagar, ficar atento para o regime de tributação e escolher o plano mais adequado às suas características de investidor (conservador, moderado ou agressivo).

Todas essas escolhas devem partir da premissa do tempo que irá poupar antes de resgatar a reserva matemática, convertê-la em renda vitalícia ou com prazo determinado.

 

Proteção ideal

A proteção ideal é ter a previdência pública e a privada, necessariamente nesta ordem.

Alguns benefícios previstos na previdência pública não têm similares na previdência complementar, da mesma forma que a ampla proteção desta encontra limite naquela.

O planejamento de valor futuro de benefícios a cargo do INSS com foco na contratação de planos de previdência privada é o serviço que mais cresce nas empresas especializadas em planejamento previdenciário.

 

 

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
.
publicidade

Como sempre turminha do PT usam retorica e chama vereadores de ‘machista, racista e elitista’

Por ser mulher e do PT a vereadora exige que seus projetos caminhem mais rápido do que os demais. Com salario e mordomia que recebe ela não faz parte da elite?

Vacinação: Novo Agendamento de 2ª DOSE será aberto nesta quarta-feira (20)

Serão disponibilizadas 5.600 vagas para vacinação que acontecerá na sexta-feira, dia 22 de outubro

Instituto seleciona jovens para curso gratuito de capacitação para o varejo

As inscrições podem ser feitas até quarta-feira (20), por meio de um formulário disponível na internet, Os selecionados vão receber um tablet e acesso à internet

O Maior Encontro das Tribos de Ribeirão Preto e região vem aí!

Serão três palcos com 22 atrações confirmadas! Quem quer ingresso na faixa diz eu ai.

AstraZeneca prazo entre as doses cai de 12 semanas para 8

Com isso, fica a cargo dos municípios o ajuste dos calendários de segunda dose a partir da disponibilidade do imunizante.
- PUBLICIDADE -