Início Cidades Prazo para Lei de Regularização de Construções é prorrogada em 60 dias

Prazo para Lei de Regularização de Construções é prorrogada em 60 dias

- continua após a publicidade -

Os interessados na Lei de Regularização de Construções
Lei Complementar 2.751 – terão um prazo maior para protocolarem seus pedidos junto à Secretaria de Planejamento.

A prorrogação em 60 dias foi publicada no Diário Oficial do Município do dia 17 de junho.
Após a prefeita Dárcy Vera assinar o projeto de lei e a aprovação da Câmara Municipal, o novo prazo passa para o dia 12 de agosto.

O secretário de Planejamento, Fernando Piccolo, destaca que a ampliação do prazo beneficiará um grande número de pessoas no município e lembra ainda que um serviço gratuito de orientação para a montagem do processo está disponível na sede da Secretaria de Planejamento.

“Uma equipe de profissionais esclarecem todos os detalhes, como viabilidade, prazos e instruções sobre a montagem do processo. Esta é uma oportunidade que muitos munícipes esperavam”, explicou o secretário.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Valério Diass, arquiteto da Secretaria de Planejamento, explica ainda que o serviço tem recebido diariamente um grande número de pessoas.

“É importante que os interessados não deixem para formalizar os seus pedidos na última hora, evitando a perda do prazo final. O ideal é que recebam as orientações antecipadamente, pois a elaboração do processo pode demorar alguns dias”, emendou Valério.

Requerimento – Os processos que estiverem em andamento ou foram indeferidos na Secretaria, antes da publicação da lei, deverão ser reapresentados no setor competente para nova avaliação. Após a entrega do requerimento, profissionais da Secretaria de Planejamento farão a análise quanto às reformas, ampliações e construções que estejam concluídas totalmente, em conclusão ou paralisadas com embargo oficial.

Pela lei, popularmente conhecida como “Lei do Puxadinho”, são passíveis de regularização as reformas, ampliações e construções, desde que concluídas totalmente ou em conclusão ou paralisadas com embargo oficial, antes da vigência desta lei, assim entendidas aquelas que apresentem condições e equipamentos de habitabilidade, tais como: estejam cobertas, estejam com esquadrias instaladas e possuam instalações hidráulica e elétrica concluídas.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

O desespero do “Fique em Casa”, impediu a visão dos mais humildes ou desinformados

A politica da "reclusão" do povo, exemplificando o Estado de São Paulo, com a impossibilidade de tratamento antecipado de muitas pessoas, atrapalhou um resultado promissor

O preço do arroz subiu, e agora? Bora substituir o cereal em grande estilo

O chef Melchior preparou uma receita saborosa com um acompanhamento ideal para substituir o arroz e salvar o seu bolso em grande estilo.

Mortes no trânsito sobem na região de Ribeirão Preto

Vítimas fatais aumentam em 17% no mês de agosto segundo o Infosiga SP. Índices reduziram em todo o Estado

Dia do Idoso: Autocuidado é ainda mais importante na terceira idade

Podóloga da Doctor Feet ensina rotina de cuidados com o pés, pernas e unhas, na melhor fase da vida

A pandemia e sua influência no relacionamento íntimo das pessoas

De uma hora para outra, fomos obrigados a mudar alguns hábitos, como sair com amigos, fazer um churrasco com toda a famílial, conhecer pessoas.