Início Cidades Invasões orquestradas interessam a quem?

Invasões orquestradas interessam a quem?

- continua após a publicidade -

Invasores ocupam a rua Paraná entre a Rua Javarí e a avenida Rio Pardo e estão construindo barracos na própria rua interditada, é isto mesmo, não se contentam mais invadir terrenos e agora ocupam e controem em plena vida, passagem de milhares de municipes.
Da forma que as coisas caminham em Ribeirão, a qualquer momento você acorda para sair para trabalhar, e em frente a sua casa surgiu uma “favela”.

O local não é uma rua perdida em um bairro afastado ou rua sem saida, muito pelo contrario. trata-se de um trecho com intenso movimento tanto de pedestres como de carros, com essa interdição, o trânsito da avenida Dom Pedro tende a piorar.

A prefeitura diz que esse espaço pertence a União, o agravante, é que eles vão construir mais 3.000 casas por aquela região e as vias que escoam o trânsito não vai suportar.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Sem estrutura de agua, luz e esgoto.
Para terem luz fazem gatos, e todos moradores da região correm riscos de terem ocilação de energia, e terem seus aparelhos danificados.
O mesmo ocorre com agua, ao “furtarem” agua, o volume dedicado a região passa a ser insuficiente.
O esgoto, muitas vezes corre a céu aberto, ou então canalizam para galeria de agua, tornando a região insuportavel, principalmente para aqueles que tem bueiros em sua porta.

A dura luta contra a invasão de áreas públicas
Os moradores desta região vivem uma constante luta, pois constantemente veem invasões, que provocam além do citado acima, outros problemas como aumento da insegurança, venda de drogas, prostituição; por conta destes fatos dentre tantos outros, os imóveis são desvalorizados.

Na ultima administração o numero de áreas invadidas aumentou muito, pois por política publica, os invasores são beneficiados com programas de moradias.
Ocorre que grande parte destes invasores vem para a cidade ja sabendo deste fato, o que a cada dia atrai mais invasores, enquanto os moradores que esperam a 20 anos na fila da COHAB, vão sendo esquecidos.

Por denuncia, recebemos informações de candidatos a vereadores que apoiam e até facilitam estas invasões.

“Ele disse que pode invadir que não tem problema não, que é pra ocuparmos e exigirmos moradias” Disse uma das invasoras.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Muitos que são contemplados com moradias destinadas a estes programas de desfavelamento, vendem o bem recebido e voltam a invadir.

Há necessidade de uma resposta rápida do poder publico

Algumas cidades, criaram e disponibilizam aplicativos para os munícipes, que fazem denuncias ao sinal de invasão, desta forma a PM e Guarda municipal impede que ocorra.
Por outro lado após a invasão os magistrados precisam dar uma resposta rápida e autorizar a desocupação.
Os incentivadores destas invasões precisam ser denunciados e levados a justiça.

A população em sua maioria são contra estas invasões, mas com a facilitação e certas vantagens tendem a crescer a cada dia.

 

 

-Até quando vamos assistir os oportunistas tirarem vantagem de governos frouxos?
-Até quando teremos vereadores eleitos com apoio a ilegalidade?

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Instituição Aparecido Savegnago promove “Circuito Cultural e Artístico

A segunda edição do evento, que começa nesta sexta-feira (02/10), às 19 horas, com transmissão gratuita, terá abertura com os jovens talentos Julia Terence e Felipe Pitoresco

MEC publica edital para 50 mil vagas remanescentes do Fies

Para se candidatar é necessário ter participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010

Plano de governo do PRTB – Ribeirão Preto, Próspera e harmonica

Quando você vota em um candidato, você assina uma procuração para administrar sua rua, seu bairro, portanto pense bem em que modelo de gestão você se interessa.

Covidão: Policia cumpre 260 mandados de busca e 57 mandados de prisão por desvio da saúde

Fraude em licitações, falsidade ideológica, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Adrenocromo: o que é, como é feita e toda a polêmica em torno dela

A verdade por trás de uma das substâncias mais polêmicas da atualidade