Início Cidades Criado Comitê Gestor de Desenvolvimento Urbano e Habitação e construção de casas...

Criado Comitê Gestor de Desenvolvimento Urbano e Habitação e construção de casas populares

- continua após a publicidade -

Durante coletiva à imprensa realizada na manhã desta terça-feira, dia 28, o prefeito Duarte Nogueira assinou o decreto que institui o Comitê Gestor da Política de Desenvolvimento Urbano e Habitação, delineou sua política para o setor nos próximos quatro anos e autorizou o início de obras do Residencial Vida Nova Ribeirão, o maior empreendimento habitacional do Programa Minha Casa Minha Vida no Estado de São Paulo. O projeto total desse empreendimento terá 6.991 moradias, sendo 2.440 numa primeira etapa.

Sobre o novo empreendimento, o prefeito destacou os cuidados observados para garantir boa moradia e qualidade de vida aos moradores. “O projeto observou a questão do arruamento, equipamentos públicos como Unidade de Saúde, Centro de Referência em Assistência Social, escolas de ensino fundamental e infantil, área de lazer e novos mobiliários urbanos. As obras começam em junho e o conjunto fica pronto em dois anos, em junho de 2019. São imóveis que contemplam famílias de baixa renda, a partir de R$ 1.600,00, com prestações mensais que variam de R$ R$ 411,00 a R$ 815,00, portanto, abaixo da média de aluguel em Ribeirão. O atendimento será feito na Praça Carlos Gomes, a partir do dia 3 de abril”, informou Nogueira, enfatizando o percentual de 3% destinados às famílias de pessoas com deficiência.

Produção – Nogueira falou também que em seu Programa de Governo está prevista a construção de pelo menos 15 mil moradias, casas, apartamentos em parceria com o Governo do Estado, Governo Federal e iniciativa privada.

“Meu pai, quando prefeito, construiu 15 mil casas em dois mandatos, um de quatro anos e outro de seis. Quero repetir essa marca em quatro anos”, destacou ele.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

Também está programado o combate à ocupação irregular, remoção imediata de novas ocupações e remoção de ocupações conforme critérios e regularização das áreas e famílias já cadastradas pela prefeitura. Para isso, ele projeta a construção de mais 10 mil moradias no atual governo, além das 15 mil para inscritos na Cohab.

Também o presidente da Cohab-RP, Edsom Ortega, e o secretário de Planejamento, Ruy Salgado Ribeiro, falaram durante a coletiva, dando detalhes dos programas de suas respectivas áreas de atuação. Ambos enfatizaram o planejamento urbano, sustentável e a necessidade de intervenção em núcleos de favelas para oferecer qualidade de vida às pessoas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Simões, manifestou apoio à iniciativa, observando que o Legislativo trabalhará junto com o Executivo em benefício da população.

Comitê Gestor – O prefeito também anunciou a criação do Comitê Gestor da Política de Desenvolvimento Urbano e Habitação e reformulação do GTHIS – Grupo Técnico de Habitação de Interesse Social – e instituição do Núcleo de Fiscalização Integrada. Seu objetivo é uma maior integração das secretarias para agilizar as políticas setoriais definidas com base no Programa de Governo, no PPA (Plano Plurianual), na LOA (Lei Orçamentária Anual).

Entre as principais diretrizes de governo estão: revisar e enviar para a Câmara Municipal o Plano Diretor, Lei de Uso e Ocupação do Solo e os planos setoriais (meio ambiente, resíduos, educação, rural, entre outros), aprimorar a aprovação de projetos unifamiliares e multifamiliares, com informatização do sistema e transparência das ações.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Sobre o Residencial Vida Nova Ribeirão – Ao lançar o Residencial Vida Nova Ribeirão, que vai oferecer, numa primeira etapa, 2.240 casas para famílias com renda a partir de R$ 1.600,00, o prefeito destacou a necessidade de os interessados estarem inscritos na Cohab, um requisito essencial para a aquisição. Aqueles que já estão inscritos e com dados atualizados receberão correspondência para manifestar interesse. O atendimento, com horário agendado, será feito em tenda montada na Praça Carlos Gomes, na região central da cidade, a partir do dia 3 de abril.

A viabilização desse empreendimento, que ficará ao lado do Parque das Figueiras, com acesso principal pelo Anel Viário Contorno Norte, reúne a Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Ribeirão Preto, por intermédio da Cohab-RP, e a Construtora Pacaembu.

São casas com sala, dois dormitórios, banheiro e cozinha, com 46,70 metros quadrados de área construída, piso cerâmico, laje e área de serviço coberta.

O investimento geral é da ordem de R$ 800 milhões, incluindo unidades habitacionais e equipamentos sociais como UBS, CEI (Centro de Educação Infantil, Emei (Escola Municipal de Educação Infantil), CRAS (Centro de Referência em Assistência Social), além de revitalização ambiental, paisagismo urbano, sistema de lazer com 11 quilômetros de pistas de caminhada, 3.930 metros de ciclovia e Parque Linear, com Academia ao Ar Livre.

Também está prevista a implantação de 627 lotes comerciais e 134 lotes industriais, o que projeta desenvolvimento urbano para aquela região.

O empreendimento, que terá 326 mil metros quadrados de área construída, e vai gerar, durante sua implantação, cerca de 2 mil empregos diretos e mais 6 mil indiretos. “Os empregos serão oferecidos prioritariamente a moradores de Ribeirão Preto”, garantiu o prefeito.

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Após auxilio emergencial Bolsonaro cria renda cidadã para 2021

Bolsonaro confirma programa que vai substituir o Bolsa Família

Dia Mundial do Coração conscientiza população sobre problemas cardiovasculares

Em 29 de setembro é comemorado o Dia Mundial do Coração. Criada pela Federação Mundial do Coração com objetivo de conscientizar a população

Suicídio e depressão: questões individuais ou coletivas?

No entanto, quando a Organização Mundial da Saúde declara a depressão como o mal do século e as taxas de suicídio se elevam consideravelmente em épocas de crise e especialmente agora

Mesmo sem isolamento estado de SP completa 10 semanas queda de internações por coronavírus

Indicadores de saúde também apontam que os óbitos voltaram a diminuir, com queda de 16% em relação à semana anterior

Oficina educativa encerra programação mensal do Museu Casa de Portinari

Lúdicas, instrutivas e divertidas, as oficinas são ótimas ferramentas para ensinar conceitos básicos educacionais e sociais às crianças.