Início Blogs DSOP Educação Financeira Nova regra no rotativo do cartão de crédito – veja cuidados que...

Nova regra no rotativo do cartão de crédito – veja cuidados que consumidor deve tomar

- continua após a publicidade -

Foi aprovada na noite de quinta-feira (26), pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), a norma que limita a 30 dias a permanência do consumidor no rotativo no cartão de crédito. Após esse prazo, se a dívida não for quitada, as instituições financeiras deverão oferecer financiamento do saldo devedor com juros menores do que os do rotativo – que fechou dezembro em 484,6% ao ano – eliminado a possibilidade de seguir pagando o valor mínimo da fatura.

Para o consumidor, a mudança é positiva, pois deve minar a famosa “bola de neve” dos juros do rotativo. Entretanto, este não deve ser um incentivo para que se pague apenas o mínimo da fatura. Afinal, estar endividado no cartão de crédito não é um problema desde que haja condições de honrar o pagamento mensal; do contrário, acaba-se entrando na inadimplência.

Os bancos e instituições financeiras têm até 3 de abril para se adequar às mudanças. O Governo anunciou também a pretensão de reduzir os juros do cartão de crédito neste primeiro trimestre de 2017 e já autorizou a cobrança de preços diferentes para o mesmo produto ou serviço de acordo com a forma de pagamento, na intenção de estimular a competição entre os meios de pagamento.

- CONTINUA DEPOIS DE PUBLICIDADE -

A decisão é positiva, afinal os juros do rotativo são exorbitantes. No ano passado a dívida dos brasileiros nesta modalidade chegou aos R$ 34,5 bilhões, segundo o Banco Central. Entretanto, meu maior receio é que a mudança incentive os consumidores a pagar apenas o mínimo do cartão de crédito, algo que nunca deve ser feito. Havendo necessidade, é indicado buscar outras linhas de empréstimos com juros menores.

Quem chegou a esse ponto precisa fazer, imediatamente, um diagnóstico financeiro, rever sua situação e se educar financeiramente para combater a verdadeira causa do problema. O descontrole financeiro tem origem nos hábitos e comportamentos, portanto é preciso, em primeiro lugar, mudar as atitudes para sair desta situação. Acredite, não basta trocar uma dívida pela outra.

O cartão de crédito é uma excelente ferramenta para quem sabe aproveitar seus benefícios, como serviços de milhagens e prêmios. Porém, se não for utilizada com consciência pode promover compras por impulso, é preciso ter responsabilidade na hora de consumir. É importante que as dívidas no cartão de crédito não ultrapassem 30% do salário ou ganho mensal, justamente para evitar o descontrole financeiro.

Reinaldo Domingos é doutor em educação financeira, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento Diário dos Sonhos e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.

- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -
- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja mais notícias de Ribeirão Preto e Região no Em Ribeirão

publicidade
publicidade

Hospital de Amor promove live “Dia de Doar”

Presente em mais de 70 países, o movimento ganhou força por conta da pandemia e ajuda a transformar a doação em um hábito de todos.

Nando Reis inaugura a programação musical do Hard Rock Café Ribeirão Preto

Nano Reis traz o show Voz e Violão para o Hard Rock Café Ribeirão Preto no dia 10 de Dezembro.

Hard Rock Café Ribeirão Preto inaugura no dia 1º de dezembro.

Além de Ribeirão Preto, Curitiba (PR)), Gramado (RS), e Fortaleza (CE), são as únicas cidades que possuem uma unidade da famosa franquia internacional no Brasil.

Governador Dória congela Ribeirão Preto na fase amarela até janeiro.

Dados da prefeitura apontam que a cidade poderia ter avançado para a fase Verde do Plano São Paulo.

Piada pronta: Tudo planejado, pós eleições vamos descer ladeira

Não foi por acaso que o governador deixou para anunciar as medidas um dia após as eleições, mas nós já vínhamos alertando para o fato.