Home » Região » Cajuru » Paciente cai de maca, tem complicações e morre

Paciente cai de maca, tem complicações e morre

Aposentado de 75 anos era atendido na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas

Um aposentado de 75 anos, morador de Cajuru, morreu na tarde desta segunda-feira (30) após cair de uma maca na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas (HC-UE) em Ribeirão.

Adalto Carmo de Carvalho deu entrada no hospital no último dia 23 com suspeita de uma artéria entupida na perna direita. Segundo familiares, a queda da maca ocorreu nesse dia.

Enquanto esperava vaga na unidade de emergência, no Centro de Ribeirão, o paciente caiu de uma maca do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e bateu com a cabeça no chão, de acordo com a família do idoso.

Após a queda, o aposentado foi levado para a unidade do HC no Campus da Universidade de São Paulo (USP), onde passou por uma cirurgia após ter complicações no quadro de saúde e ficar desacordado.

Após o tombo, começou a sentir muita dor de cabeça.

O neto do aposentado, conta que, um dia depois da queda, o paciente foi encaminhado ao HC Campus e submetido a uma cirurgia de urgência para controlar um AVC hemorrágico.
Mas o quadro de saúde se agravou.

Segundo boletim de ocorrência, um dos médicos do hospital orientou a família a fazer o registro policial sobre o caso.

De acordo com o atestado de óbito, o aposentado morreu após sofrer uma hemorragia cerebral e um trauma crânio-encefálico. Ainda segundo a declaração com a causa da morte, as complicações no quadro de saúde foram provocados pela queda da maca.

“Se levamos ele para o HC e aconteceu isso, antes ele ter ficado em Cajuru. Foi um descaso”, reclama.
Adalto deu entrada na Santa Casa de Cajuru na noite do dia 22 antes de ser encaminhado ao HC.

O neto não soube dizer se a família vai processar o hospital.
O corpo de Adalto será sepultado às 17h desta terça-feira (31), no cemitério de Cajuru.

A direção do hospital ainda não se manifestou sobre o caso.

Comente

Deixe uma resposta