Home » Política » Dárcy Vera nega desvio de R$ 2,2 milhões da Stock Car

Dárcy Vera nega desvio de R$ 2,2 milhões da Stock Car

meu único objetivo era promover a cidade

A ex-prefeita Dárcy volta a depor no fórum de Ribeirão Preto, sobre processo que investiga suposto desvio realizado na primeira edição da prova da Stock Car, em 2010.

A Justiça Federal pede a devolução de R$ 2,5 milhões aos cofres público. Se condenada, ela pode ser presa por até 17 anos.

Em depoimento, na tarde desta sexta-feira (19), Dárcy  negou ter desviado qualquer valor.
Dárcy alegou, em depoimento, que como prefeita não tinha a função de analisar as prestações de contas.

“Trabalhei muito para promover Ribeirão Preto, não medi esforços. E me vejo aqui diante de uma situação que não fui eu quem provoquei. Eu não sou técnica para isso. Existem técnicos e pessoas aptas para isso. Eu confiei, eu assinei. São dez mil servidores, entre dez mil servidores eu, Darcy vera, teria competência para isso. E isso aconteceu”, disse Dárcy.

A defesa pediu que Dárcy retornasse ainda nesta sexta-feira para Tremembé, o que foi atendido.

A decisão sobre o processo que nada tem haver com a operação Sevandija, devera ser julgado ainda no primeiro trimestre de 2018.

Comente

Deixe uma resposta