Home » Esportes » Paralimpíada » Brasil vai bem na Paraolimpíada e no segundo dia já tem 10 medalhas

Brasil vai bem na Paraolimpíada e no segundo dia já tem 10 medalhas

Segundo dia 10 medalhas e muito orgulho

O Brasil entre os melhores do mundo em 2016
Lançado em 13 de setembro de 2012 (32 dias após o fim dos Jogos Olímpicos de Londres), o Plano Brasil Medalhas representa um novo patamar de investimentos no esporte, visando à preparação de nossos atletas olímpicos e paraolímpicos para os Jogos Rio 2016.

A meta do Plano Brasil Medalhas para os Jogos Paraolímpicos de 2016, é que o país encerre a participação entre os cinco primeiros, um resultado inédito.

Segundo dia 10 medalhas e muito orgulho.

O brasileiro Daniel Tavares conquistou nesta sexta-feira a terceira medalha de ouro do Brasil na Paraolimpíada do Rio. Ele ficou com o título dos 400 m do atletismo na categoria T20, para deficientes intelectuais.

Na quinta-feira, Ricardo de Oliveira havia conquistado o título do salto em distância na categoria T11, para deficientes visuais.

O Brasil conquistou a medalha de prata no revezamento misto 4×50 m livre, na última prova da natação paraolímpica desta sexta-feira (09). Daniel Dias e Clodoaldo Silva, fenômenos do esporte nacional, compuseram a equipe com Joana Maria Silva e Susana Ribeiro.

Daniel Dias segue com seu programa na competição para tentar fazer história, a meta do paratleta é chegar a 24 medalhas e se tornar o homem com mais pódios na natação paraolímpica.

O nadador Phelipe Rodrigues, com tempo de 23s56, conquistou, nesta sexta-feira (9), medalha de prata paraolímpica na prova dos 50 m livre masculino da classe S10 (atletas com afetação leve de uma ou duas extremidades ou comprometimento leve de uma ou diversas articulações).

Brasileiro Italo Pereira ganha medalha de bronze nos 100m nado costas S7.

A brasileira Lucia Araújo conquistou nesta sexta-feira a medalha de prata no judô na classe B3, para atletas com visão reduzida.

Brasil leva duas pratas nos 100m rasos.
O brasileiro Fabio da Silva Bordignon conquistou a medalha de prata no atletismo na prova dos 100 m rasos na classe T35.
logo após foi a vez de Verônica Hipólito levar a medalha de prata nos 100m rasos, só que categoria T38.

Izabela Campos conquistou a medalha de bronze no lançamento de disco na classe F11.

Terezinha é desclassificada e ironiza: “Delicado correr contra homem”
Brasileira chega em quarto nos 100m T11, prova vencida pela britânica Libby Clegg, que na semi chegou a ser desclassificada por supostamente ter sido puxada pelo guia.

Comente

Deixe uma resposta