Home » Esportes » Futebol » Botafogo » Centenário do Botafogo terá um ano de programação especial de comemorações

Centenário do Botafogo terá um ano de programação especial de comemorações

O primeiro título do Botafogo foi o de Campeão do Interior, em 1927. Já em 1956, foi o campeão do Centenário de RP, vencendo o Comercial por 4 a 2.

A programação do ano comemorativo do Centenário do Botafogo de Ribeirão Preto é lançada oficialmente neste sábado, dia 16, no Jardim Suspenso do RibeirãoShopping. A empresa LC Eventos está à frente da organização, viabilização e operação dos festejos, que começam no dia 12 de outubro de 2017 e terminam na mesma data em 2018, quando o tricolor completará 100 anos.

Diretores, presidente e ex-presidentes, porta-vozes e celebridades que fizeram parte da história do time apresentaram a logomarca do centenário e o cronograma de comemorações.

RAÍ E SÓCRATES, IDOLOS HOMENAGEADOS

Outro destaque do evento foi a homenagem ao eterno ídolo do tricolor de Ribeirão Preto, Sócrates. Uma escultura recortada em aço, feita pelo artista plástico ribeirão-pretano CH Faria e descerrada pela família do ex-jogador, será colocada no estádio Santa Cruz como parte das comemorações do centenário.

Raí, ao lado dos irmãos e dos sobrinhos – entre eles os seis filhos de Sócrates – recebeu as homenagens no RibeirãoShopping. A obra foi criada em aço recortado e plasma computadorizado; tem tamanho real – com 2,32 metros ao todo – e retrata o gesto que se tornou marca do ex-jogador: o braço levantado com o punho fechado.

PRIMEIRO GRANDE EVENTO

Para dar o pontapé inicial nas festividades dos 100 anos do Botafogo Futebol Clube, um grande relógio digital fará a contagem regressiva dos 365 dias para o centenário.

Ele será inaugurado no dia 12 de outubro no berço do time, o bairro ribeirão-pretano Vila Tibério, com um grande evento voltado para os moradores do bairro e torcedores do Botafogo. O evento será gratuito e contará com atrações musicais, entretenimento para adultos e crianças, além de outras surpresas.

O relógio será instalado em um Megadoor, de 5x 9 metros, localizado em frente ao estádio Santa Cruz.

Orgulho de Ribeirão

Fundado em 12 de outubro de 1918, o Botafogo nasceu em meio às disputas de torneios entre clubes amadores dos bairros de Ribeirão Preto, quando dirigentes de três clubes da Vila Tibério decidiram que a fusão deles formaria um clube mais forte.

O primeiro título do Botafogo foi o de Campeão do Interior, em 1927. Já em 1956, o clube foi o campeão do Centenário de Ribeirão Preto, vencendo o arquirrival Comercial por 4 a 2. Para completar a festa, no mesmo ano, o Pantera também foi campeão da Segunda Divisão do Paulista e garantiu seu 1º acesso da história. Em 1968 é inaugurado o Estádio Santa Cruz, casa do time, com um jogo entre Botafogo (6) x Seleção da Romênia (2).

Já em 1977, o Botafogo foi campeão da Taça Cidade de São Paulo. Tendo Sócrates como destaque, na época, o clube também revelou grandes nomes para o futebol nacional, como Zé Mário e Lorico.

Na década de 1990, o Tricolor ribeirão-pretano foi destaque nacional ao conquistar dois vice-campeonatos nacionais e dois acessos da Série C para a Série B, em 1996, e da Série B para a Série A, em 1998. Já em 2001, o Botafogo foi a grande surpresa do Estadual, conquistando o vice-campeonato do Paulistão.

Em sua história mais recente, o Tricolor conquistou o Troféu do Interior, em 2010, e também ficou com o vice-campeonato da Copa Paulista 2014 e Copa São Paulo de Júnior em 2015. A grande conquista do Tricolor veio com o acesso e o título da Série D do Campeonato Brasileiro de 2015.

A revelação de talentos é uma especialidade do clube, que já lançou craques como Sócrates, Raí, Paulo Egídio, Paulo Cesar Camassuti, Cicinho, Bordon, Leandro Guerreiro, Luciano Ratinho, Diego Alves, Doni, Lucas, Cocito, Chiquinho, Toninho Cajuru, entre outros.

Comente

Deixe uma resposta