Home » Esportes » Começa mais uma edição da OlimPIC

Começa mais uma edição da OlimPIC

Secretaria de Esportes realiza a partir desta quarta-feira, 28 de novembro, a 22ª edição da OlimPIC, que reunirá cerca de 250 atletas da terceira idade

Está tudo pronto para a realização da 22ª OlimPIC, a olímpiada dos participantes do Programa de Integração Comunitária (PIC). O evento começa nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, e segue até domingo, 02 de dezembro, com a participação de 250 integrantes do PIC dos 57 núcleos nas disputas.

Realizado pela Secretaria de Esportes, na Cava do Bosque, com apoio da Secretaria de Assistência Social, a OlimPIC é uma confraternização entre os integrantes do PIC, uma forma de encerrar as atividades que os participantes realizam durante o ano, onde todos recebem medalhas pela participação.

O secretário de Esportes, Ricardo Aguiar, observa o importante papel que o esporte tem para as pessoas da melhor idade ao oferecer mais qualidade de vida, além da Secretaria Municipal de Esportes estar honrada em fazer parte desse sucesso.

A abertura oficial acontece neste sábado, dia 1º de dezembro, no ginásio principal da Cava do Bosque, às 8h30, com o desfile dos atletas participantes. Entre as modalidades disputadas pelos atletas do PIC estão o atletismo, buraco, coreografia, damas, dominó, natação, vôlei adaptado e truco.

“Esse evento é de extrema importância para os integrantes do PIC, pois é muito esperado e aguardado pelos participantes, uma grande confraternização entre todas as pessoas quando estão no evento. Teremos uma programação extensa durante a OlimPIC, com jogos de vôlei, de mesa e as coreografias, que é a sensação desse evento”, disse Paulo Picolo.

A representante do PIC de Bonfim Paulista, Hebe Meirelles, considera a OlimPIC um dos melhores eventos que participa, pois todos os PICs podem se encontrar para fazer uma grande festa e se divertir. “Tem as competições esportivas como coreografia, atletismo e os jogos de mesa, onde os participantes no final de cada modalidade recebem suas medalhas e saem muito felizes com tudo isso”, explicou Hebe Meirelles.

 “A experiência que a gente adquire com nossos meninos e as meninas do PIC é imensurável. Ficamos motivados no dia a dia com a entrega deles em cada atividade que se propõem a fazer, como nas atividades esportivas. Eles foram campeões dos Jori e disputaram diversos torneios alcançando excelentes resultados. Por isso, tenho certeza que irão fazer uma OlimPIC de alto nível técnico, além da alegria e festa, como sempre fazem”, afirmou Ricardo Aguiar.

O PIC
Implantado após um estudo de doutorado feito com idosos da Vila Tibério, o PIC conta hoje com cerca de dois mil participantes na faixa etária acima dos 40 anos, divididos em 54 núcleos. Suas atividades são realizadas em praças, centros comunitários, escolas e igrejas. O programa também realiza festas de confraternização, passeios em grupos, reuniões mensais com os representantes e professores.

A intenção do trabalho do PIC é promover a saúde integral da população, antes que a doença apareça ou no caso das moléstias crônicas típicas da 3ª idade, antes que elas provoquem sequelas agravantes, como as ocorridas na hipertensão, diabetes, dislipidemias, degenerações e até mesmo a depressão, comum em muitos idosos. As aulas acontecem de segundas a sextas-feiras, sempre ministradas por professores de educação física, onde cada professor é responsável por dois núcleos.

Entre os participantes, muitos são selecionados para treinar e representar a cidade de Ribeirão Preto nos Jogos Regionais do Idoso (Jori), pelos quais são octacampeões e somam 15 títulos gerais em 22 edições dos Jori. Também participam dos Jogos Abertos do Idoso (JAI). No final do ano é realizada a OlimPIC para os atletas desses grupos, fazendo uma grande confraternização entre eles.

O programa realiza ações sociais, ajudando as comunidades mais necessitadas, com doações de fraudas, roupas, remédios e alimentos. O PIC realiza também uma campanha de doação de sangue uma vez por ano.

 

Comente

Deixe uma resposta