Home » Esportes » Campeão olímpico de vôlei apresenta projeto “Vôlei Ribeirão”

Campeão olímpico de vôlei apresenta projeto “Vôlei Ribeirão”

Lipe Fonteles busca apoio da iniciativa privada para trazer projeto a Ribeirão Preto

Em solenidade marcada por muita emoção e homenagens, o atleta da seleção brasileira, campeão olímpico Lipe Fonteles apresentou, na manhã desta sexta-feira, dia 12, o projeto social de vôlei que pretende trazer para Ribeirão Preto.

Acompanhado do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, do secretário de Esportes, Ricardo Aguiar, e da presidente do Fundo Social de Solidariedade, Samanta Pineda, Lipe explicou como funcionará o projeto, intitulado “Vôlei Ribeirão”.

“O time de vôlei será um projeto para retirar as crianças das ruas. Acontecerá no contraturno escolar e formará um time de base em Ribeirão Preto. Paralelamente a este projeto, traremos profissionais renomados do vôlei, com o objetivo de formar um time forte para disputar campeonatos brasileiros e mundiais”, explicou.

O time de profissionais, de acordo com o campeão, servirá de espelho às crianças que serão treinadas por professores, que passarão por capacitação para futuramente compor o time de base de Ribeirão Preto.

“Para tirar as crianças das ruas é necessário mostrar exemplos que se tornaram vitoriosos. Esse será o papel do time. Eles serão o espelho destas crianças que os motivará a ter um objetivo a ser alcançado. Esta é a oportunidade de realizar um sonho que é mudar a cultura do esporte no país. Ribeirão é uma cidade global, que todos conhecem e é muito forte. O mundo inteiro vai saber. Queremos um time competitivo. E aqui é o lugar perfeito. Ribeirão é um exemplo e a oportunidade de fazer isso é mais do que eu poderia sonhar”, declarou.

Quanto às regras para participar dos treinos para compor o time de base, elas são claras. Quem não tiver nota boa não poderá treinar. Será um incentivo para as crianças da rede municipal de ensino não faltar às aulas, estudar para ter boas notas e, assim, poder treinar e viajar com o time de vôlei e participar dos campeonatos.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade e primeira-dama do município, Samanta Pineda, foi a responsável por trazer a iniciativa para Ribeirão Preto. “Por meio do Fundo Social promoveremos a capacitação de professores para realização de treinos de alto nível e, assim, estas crianças poderão desempenhar alta performance nas quadras”, ressaltou.

Com o apoio da Secretaria de Esportes, por meio do projeto “Esporte para Vencer”, Ricardo Aguiar, secretário da pasta, explica que toda infraestrutura necessária para o desenvolvimento do projeto será disponibilizada.

“Já temos os recursos garantidos para iniciar a reforma do complexo Esportivo da Cava do Bosque, que serão liberados pelo governo federal. Nosso intuito é trazer a mensagem que todos podem vencer, não só nas quadras, mas em várias esferas da vida. O Lipe tem uma preocupação grande com a parte social e, principalmente, com a formação do cidadão”.

O prefeito Duarte Nogueira finalizou o evento homenageando Lipe.

“Os gigantes, os campões, os vencedores, aqueles que se destacam na vida, não nascem assim, não nascem prontos. Eles são preparados, forjados, orientados e incentivados a serem campeões. O que a cidade precisa é dar oportunidade para que estes potenciais campeões se aflorem para que estes gigantes que estão aí adormecidos acordem. Nós queremos utilizar a história, inspiração e conquistas do Lipe para dar o melhor à nossa cidade”, declarou o chefe do Executivo Duarte Nogueira.

Investimentos da iniciativa privada

De acordo com o idealizador do projeto, Lipe Fonteneles, para colocar o projeto “Vôlei Ribeirão” em prática, são necessários investimentos da iniciativa privada, na ordem de R$ 3,5 milhões para concretização da primeira etapa do projeto. Para isso, o jogador já visitou alguns empresários de Ribeirão Preto. A primeira etapa consiste na participação do time profissional de vôlei na Super Liga B.

Segundo regras da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), o time precisa vencer este campeonato e, assim, se classificar para a Superliga principal.

“Nesta primeira temporada os investimentos serão voltados para contratação de jogadores de alto nível que participarão de campeonatos importantes para imagem de Ribeirão Preto e dos patrocinadores”, explica Lipe, que pretende colocar o time em quadra para a disputa do Campeonato Paulista já no segundo semestre com a participação de outro campeão olímpico, o Dante.

Já na segunda etapa do projeto que deverá ocorrer em 2018, o time profissional participará da Superliga B.

“Para isso, serão necessários investimentos na ordem de R$ 7 milhões para aquisição uma equipe extremamente competitiva. Serão atletas olímpicos, campeões mundiais, uma comissão técnica completamente capacitada que brigará em campeonato sul americano, e, buscará o campeonato mundial”, concluiu.

Comente

Deixe uma resposta