Home » Diversos » Wooh Pub promove show beneficente em prol do menino Joaquim

Wooh Pub promove show beneficente em prol do menino Joaquim

Por: Redação em Ribeirão

No dia 22 de março, a partir das 21h, no Wooh Pub (Avenida Sumaré, 363 – Jardim Sumaré), artistas do cenário sertanejo vão se reunir em prol do menino Joaquim, que tem uma doença rara e degenerativa.

Entre as atrações estão:Bia Macedo; João Carlos e Leonardo; Gaby Violeira; Junior e Lucas; e Roger Flores.

“Toda a renda obtida com a bilheteria desse show beneficente será revertida para o tratamento do Joaquim”, explica Eduardo Martinez, empresário e proprietário do Wooh Pub.

O pequeno Joaquim nasceu no dia 21 de julho de 2016. Com apenas dois meses de vida foi diagnosticado com Atrofia Muscular Espinhal (conhecida pela sigla AME).

Os pais, Alexandre Marques (publicitário) e Marina Ambrósio (estudante), buscam ajuda para arrecadar mais de três milhões de reais necessários para o tratamento do menino.

O primeiro lote de ingressos custa R$ 20,00 e estão sendo vendidos no Wooh Pub e em outros pontos de vendas. Para mais informações é só ligar no (16) 99169-5936.

“No dia do show, no Wooh Pub, familiares e amigos estarão no local para vender camisetas e copos da campanha AME Joaquim”, acrescenta Alexandre Marques, pai do menino.

Recentemente, as campanhas em benefício do pequeno Joaquim têm ganhado o país todo. Na última semana, o valor necessário para a compra do medicamento já foi alcançado, como explica o pai do menino. “Felizmente conseguimos doações que chegam ao valor da medicação, mas a doença do Joaquim é degenerativa e vai precisar de cuidados para a vida inteira. Por isso, guardaremos o valor que vamos receber com esse show beneficente para os cuidados dele. Me sinto muito feliz ao ver quanto ajuda recebemos. Além das doações, ele recebeu muito carinho e mensagens positivas”.

“Com essa medicação, na pior das hipóteses, acreditamos que ele terá mais qualidade de vida e que pare com o processo degenerativo da doença”, completa o pai.

 

AME JOAQUIM

Os cuidados com Joaquim são muitos. Hoje, a mãe parou de estudar para se dedicar aos cuidados do pequeno. Além disso, precisa de atenção de enfermagem 24 horas por dia. Fisioterapia respiratória duas vezes por dia. Ainda, fisioterapia motora, terapia ocupacional, fonoaudiologia e retorno médico a cada 15 dias.

Pois é, essa rotina intensa para o pequeno Joaquim não deixa os pais desanimarem. Quando souberam que existia uma esperança: ainda que caro, mas que existe uma medicação capaz de proporcionar qualidade de vida para a criança, os pais começaram a criar campanhas.

Entre as ações realizadas, o pai conta: “Já fizemos um bazar, pedágio, vendemos camisetas, mas o que foi realmente decisivo para obtermos a maior parte do valor foi a divulgação do site de doações feita por artistas famosos”.

Agora, a corrente do bem não para. Os pais do Joaquim estão rifando um carro – no valor de 25 mil reais -, com o objetivo de arrecadar uma média de 200 mil, para compartilhar a renda com outras crianças que sofrem com a mesma doença. “Estamos doando um carro, que era do Joaquim para arrecadar o valor e dividir entre seis crianças. O Miguel e o Bernardo, de São Paulo; o Davi, o Yan, o Artur e o Nicolas, de Ribeirão Preto. Fora isso logo teremos um bingo, também  para compartilhar a verba arrecadada”, explica Alexandre.

 

Comente

Deixe uma resposta