Home » Diversos » Ribeirão Preto terá nova etapa do Circuito Fazendo Acontecer

Ribeirão Preto terá nova etapa do Circuito Fazendo Acontecer

A 3ª etapa do campeonato de skate irá reunir os amantes da modalidade de toda a região; premiação vai de artigos esportivos a viagens internacionais

Quem vai levar as passagens para o Chile ou Barcelona? Essa resposta será conhecida no próximo domingo, dia 11 de novembro, quando acontece a terceira e última etapa do Circuito Fazendo Acontecer, que vem fortalecendo o skate de rua em Ribeirão Preto. O ponto de encontro será no CBN, pico DIY, que fica na rua Lourenço Coppede, nº 211.

Com competições para as categorias mirim, iniciante e amador, os vendedores do Circuito Fazendo Acontecer serão premiados com a possibilidade de manobrar nas ruas de Barcelona ou do Chile (iniciantes e amadores). Para a categoria mirim, o prêmio será o valor de R$ 1 mil em produtos esportivos.

Esta é a última etapa do Circuito Fazendo Acontecer que passou pelos três locais mais tradicionais do skate de rua de Ribeirão Preto. Além das três principais premiações, os amantes do skate terão outras atrações, como a disputa de quatro manobras (premiação até 8º), da Marreta da Öus e grana para o vencedor do best trick Emitresde.

Rankings 2018

Levando em consideração a distribuição estipulada pela Confederação Brasileira de Skate, a pontuação de cada skatista é definida de acordo com sua colocação em cada etapa. O campeão 2018 do circuito ‘Fazendo Acontecer’ será definido com a soma das pontuações das três etapas e o ranking segue da seguinte forma:

Amador (viagem Barcelona)

1º Tallys Jr. (1950)

2º Marcos Gomes (1549)

3º Jeferson Rodrigues (1307)

4º Higor Conte (1293)

5º Julio Rodrigues (1267)

Iniciante (viagem Chile)

1º Cadu Garcia (1950)

2º Pedro PV (1815)

3º Thiago Alfeu (1592)

4º Carlos Daniel (1416)

5º Santiago Daniel (1404)

Mirim (R$ 1 mil em produtos)

1º Nicolas Silva (1903)

2º Cauã Rodrigues (1857)

3º Paulo Jr. (1765)

4º Francisco Dante (1589)

5º Victor Lopes (1519)

Esporte Olímpico

No dia 3 de agosto de 2016, foi anunciado durante as Olimpíadas no Rio de Janeiro que o skateboarding faria sua estreia nos Jogos Olímpicos 2020, em Tóquio.

Aqui no Brasil, segundo a última pesquisa Data Folha encomendada pela Confederação Brasileira de Skate, havia cerca de 8,5 milhões skatistas em 2015, sendo a maioria desses jovens praticantes na modalidade street, uma das duas que fará parte das Olimpíadas, aquela em que as pistas de skate são inspiradas no que encontramos na arquitetura urbana, como corrimãos, escadas e rampas.

Comente

Deixe uma resposta