Home » Cidades » Policial » Polícia Civil abre concurso com salários de R$ 3,7 mil

Polícia Civil abre concurso com salários de R$ 3,7 mil

Saiu edital do Concurso Polícia Civil PC SP 2018 com 1.400 vagas para Escrivão e Investigador; iniciais de R$ 3,7 mil!

Números de vagas 1400
Salário R$ 3.743,98
Data de abertura 05/04/2018
Data de inscrição 16/04/2018 a 15/05/2018
Data da prova 10/06/2018
Escolaridade Nível Superior
Estado São Paulo
Organizadora Fundação Vunesp
Instituição PC SP – Polícia Civil do Estado de São Paulo
Valor da inscrição R$ 84,81

Entre as 1.400 oportunidades há reserva de vagas para deficientes.

Como fazer a inscrição no concurso PC-SP?

O período de inscrições para o Concurso PC-SP 2018 será entre às 10h do dia 16 de abril e 23h59min do dia 05 de maio de 2018. Os candidados devem se inscrever no site da banca organizadora, Vunesp. A taxa de inscrição é no valor de R$ 84,81.

Quem pode fazer o concurso Polícia Civil PC-SP 2018

As vagas abertas são para cargos com exigência de ensino superior. Divididas entre os seguintes cargos:

Escrivão (800 vagas – nível superior em qualquer área);
Investigador (600 vagas – nível superior em qualquer área);

O edital para Delegado (250 vagas – nível superior em Direito) também está publicado » clique aqui « e confira

A remuneração inicial para Escrivão e Investigador de Polícia é de R$ 3.743,98.

Como será a prova do concurso PC SP?

Todos os candidatos serão avaliados em 5 etapas que constam de:

– prova preambular (questões de múltipla escolha), de caráter eliminatório e classificatório.
– prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório.
– investigação social, de caráter eliminatório.
– prova oral, de caráter eliminatório e classificatório.
– prova de títulos, de caráter classificatório.

As provas objetivas serão aplicadas no dia 10 de junho de 2018, terão duração de 05 horas, e serão realizadas nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo), Piracicaba e Sorocaba.

Déficit na Polícia Civil de São Paulo (PCSP)

Atualmente a Polícia Civil de São Paulo atua com apenas 75% dos seus cargos ocupados. Em 2017, foram registradas 381 aposentadorias. O déficit é maior nas funções de Investigador, com 108 aposentados, e Escrivão, que registra 125.

O que faz cada cargo da PC-SP?

Papiloscopista: Colhe as impressões digitais no vivo e no morto, para fins de identificação civil e criminal; proceder à identificação papiloscópica e necroscopapiloscópica com a elaboração do respectivo laudo técnico; além de proceder à perícia iconográfica e ao retrato falado, com a elaboração do respectivo laudo técnico.

♦ Auxiliar de Papiloscopista: O auxiliar de papiloscopista atua na parte burocrática e administrativa de processos de identificação. Além disso, ajuda em coletas e em todo o trabalho realizado pelo papiloscopista.

Agente de Polícia: Deve executar investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigir veículos policiais, cumprir medidas de segurança orgânica, desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

♦ Agente de Telecomunicações: O Agente de Telecomunicações Policial da Polícia Civil de São Paulo, é um profissional de carreira designado a dar apoio à atividade Policial. Entre as principais atribuições do cargo estão: prestar auxílio em campanas, prisões e remoções de presos, sendo que a função principal do Agente de Telecomunicações é de operar o rádio no CEPOL “Centro de Comunicações e Operações da Polícia Civil”.

Delegado: Tem missão de instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação, orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais, participar do planejamento de operações de segurança e investigações, supervisionar e executar missões de caráter sigiloso, participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o Órgão na consecução dos seus fins.

Escrivão: Terá que dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais, dirigir veículos policiais; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

♦ Investigador: O Investigador de Polícia atua quando o crime já ocorreu, realizando o trabalho de inteligência e investigação das evidências para solucionar atos ilícitos.

Importante – Ainda está previsto e deve ser lançado em breve edital para os seguintes cargos:

Auxiliar Papiloscopista (200 vagas – nível médio);
Papiloscopista (200 vagas – nível médio).
Agente Policial (400 vagas – nível médio);
Agente de Telecomunicação (300 vagas – nível médio).

Último concurso PC-SP

O último certame aconteceu em 2013, com organização da Vunesp. Foram 3.197 vagas para Oficial Administrativo, Perito Criminal, Médico Legista, Técnico de Laboratório, Fotógrafo, Investigador, Escrivão, Auxiliar de Necropsia, Atendente de Necrotério e Delegado em 2014.

A avaliação dos candidatos foi dividida em diversas etapas, variando de acordo com o cargo. Foram aplicadas prova objetiva, prova dissertativa, prova de aptidão psicológica, prova de aptidão física, investigação social e prova de títulos.

Nomeação do último concurso PC SP

Foram nomeados nada menos que 1.240 aprovados no último concurso, ainda ocorreu a promoção de 63 Delegados de Polícia, a aquisição de 80 novas viaturas, e a contratação de serviços e modernização de 120 delegacias.

O edital completo pode ser conferido neste link

 

Comente

Deixe uma resposta