Home » Cidades » Policial » Guarda Civil Municipal homenageia guardas no dia do GCM

Guarda Civil Municipal homenageia guardas no dia do GCM

Corporação tem recebido total apoio do Executivo Municipal em sua estruturação e valorização dos profissionais

O GCM depara com várias situações no cotidiano, que vai das mais perigosas até as educativas

Na manhã desta terça-feira, dia 10 de outubro, a corporação participou de uma café da manhã, na sede da Guarda, na rua Lafaiete, nº 1676, Vila Seixas. “Dois guardas civis municipais foram homenageados. É uma singela homenagem a todos que trabalham, prestam seus serviços aos nossos parques, nossos próprios e a nossa cidade; elevam o nome da instituição”, ressalta a superintende da GCM, Mônica Noccioli.

O Dia do GCM foi instituído tanto por uma Lei Federal quanto por uma Lei Municipal. Em breve, a GCM ganhará o reforço no efetivo com contratação de mais guardas civis aprovados no último concurso público.

Mônica Noccioli, superintende da GCM

Com 20 anos de carreira, completados no último dia 6 de outubro, a GCM Sueli de Medeiros, 56 anos, se diz orgulhosa da profissão que abraçou. Em 1995, um ano após sua criação (Lei Complementar 369/94, de 8 de outubro de 1994, que criou a Guarda Civil Municipal), Sueli ingressou na corporação por meio de concurso público. “Na época, quando eu entrei eram cerca de 200 guardas, mas com o tempo alguns foram se aposentando e outros faleceram. Eu, por exemplo, já poderia me aposentar pelo fator idade, mas não me sinto ainda pronta nem vontade para parar de trabalhar”, afirma Sueli.

GCM Sueli de Medeiros em seu posto de trabalho, o Palácio Rio Branco

Ela é responsável pela segurança de um dos principais próprios públicos de Ribeirão Preto, o Palácio Rio Branco, sede do Poder Executivo Municipal, e cartão-postal da cidade pela sua importância histórica e política, que completou 100 anos este ano.

“Desde o início sempre trabalhei aqui na prefeitura, nas escalas, e agora sou fixa, mas já trabalhei em escolas, postos de saúde e no patrulhamento ostensivo”.

Em duas décadas, foram muitos desafios e conquistas. “O que posso dizer é que nós profissionais temos muito a comemorar nesta data. Vimos numa evolução crescente”, disse.

“Este ano até 3 meses atrás, a gente não portava armas não letais, a partir do curso fomos capacitados e treinados a usar essas armas que devem ser utilizadas apenas em situações de extrema necessidade”, conta.

Os guardas civis municipais começaram a portar armas no dia 8 de setembro de 2000. A partir de 21/12/2006, através de convênio com a Superintendência Regional de Polícia Federal, com sede na capital do Estado, foi concedido o porte de arma de fogo 24h/dia.

Segundo a superintendente Monica Noccioli, a atual administração tem dado total apoio à estruturação e formação dos profissionais com cursos de capacitação da corporação. “Temos oferecido cursos que focam na valorização profissional e do ser humano. Temos recebido um apoio muito grande do nosso prefeito [Duarte Nogueira], que valoriza a instituição, que quer o bem da GCM e está feliz em mostrar o nosso trabalho a toda sociedade”.

A GCM cuida dos prédios públicos, praças, unidades de saúde e escolas municipais. Na madrugada desta terça-feira, dia 10, uma equipe noturna apreendeu vários metros de cabos furtados no Parque Permanente de Exposições. “Hoje somos sede de uma região metropolitana, por isso é importante a nossa presença na proteção das pessoas e dos nossos espaços municipais”, frisa.

foto divulgação

Ação Solidária

A Guarda Civil Municipal está engajada em uma campanha de doação de sangue para o Hemocentro de Ribeirão Preto. Como os estoques do banco estão baixos, vários voluntários foram às unidades numa ação solidária.

Missão

foto divulgação

A Guarda Civil Municipal tem a missão constitucional prevista no Artigo 144, § 8º de proteger na esfera municipal “… seus bens, serviços e instalações…”.

Desse modo, a Guarda Civil Municipal torna-se presença efetiva da autoridade municipal nas vias públicas, o que favorece o contato direto com o cidadão. Consiste numa importante fonte de informação para detecção de problemas e facilitação do seu encaminhamento e solução. É fundamental que a instituição esteja fortemente articulada e integrada com os outros órgãos e serviços vinculados à Segurança Pública, como forma de melhor viabilizar a sua missão.

Assim, a Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto é uma organização de proteção e segurança, compromissada com os mais elevados princípios morais e legais, sempre disposta a enfrentar desafios. Inovadora, está engajada na manutenção da paz social, oferecendo serviço de qualidade, em parceria com a comunidade ribeirão-pretana.

foto divulgação

A Guarda Civil Municipal de Ribeirão Preto, cumpre as seguintes finalidades:

– Proteger o patrimônio e os equipamentos públicos municipais como escolas, museus, teatros, praças, parques, prédios, áreas de lazer, etc.;

– Garantir a oferta de serviços proporcionados pelo Município;

– Garantir o cumprimento do código de postura municipal;

– Contribuir para melhoria do serviço de trânsito, através da orientação,
fiscalização e educação;

– Contribuir para a manutenção da paz social;

– Desempenhar ações de Defesa Civil.

Comente

Deixe uma resposta