Home » Cidades » Educação » Viagem Literária leva escritores voltados ao público adulto para Ribeirão Preto

Viagem Literária leva escritores voltados ao público adulto para Ribeirão Preto

Eduardo Spohr, Luiz Ruffato e Antonio Geraldo vão a bibliotecas de Jaboticabal, São Simão, Sales Oliveira e Santa Cruz da Esperança para um bate-papo com fãs de literatura

Agosto será um mês agitado para os moradores da região de Ribeirão Preto que apreciam literatura. Entre os dias 8 e 22, a região recebe os autores Luiz Ruffato, Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira e Eduardo Spohr para o terceiro módulo do Viagem Literária, programa do Governo do Estado de São Paulo que proporciona o contato de autores consagrados com cidadãos paulistas em bibliotecas municipais de todo o estado.

O terceiro módulo do Viagem Literária tem como foco os escritores voltados para o público adulto. Todos os encontros são gratuitos.

Luiz Ruffato estará em Santa Cruz da Esperança no dia 8 de agosto. O autor publicou os romances Eles eram muitos cavalos (Prêmio APCA e Prêmio Machado de Assis), De mim já nem se lembra, Estive em Lisboa e lembrei de você, Flores artificiais e Inferno Provisório (Prêmio APCA, Prêmio Jabuti e Prêmio Casa de las Américas), além do livro de crônicas Minha primeira vez. Em 2016 ganhou o Prêmio Internacional Hermann Hesse, na Alemanha. É consultor da Enciclopédia de Literatura Brasileira do Instituto Itaú Cultural e colunista semanal no jornal El País – Brasil.

Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira encontrará o público em Jaboticabal (14 de agosto) e São Simão (15 de agosto). O autor, apontado por escritores e críticos literários como um dos grandes nomes da literatura brasileira contemporânea, publicou o livro de poemas Peixe e Míngua, o romance As visitas que hoje estamos e o infantil O Amor pega feito um bocejo.

Eduardo Spohr irá para Sales Oliveira no dia 22 de agosto. O autor do best-seller A Batalha do Apocalipse e da trilogia Filhos do Éden publicou seu primeiro livro em 2010 e deu início a uma trajetória de sucesso no Brasil e no exterior – seus livros foram publicados na Holanda, Alemanha, Portugal e Turquia.

A programação do Viagem Literária, que completa dez anos em 2017, não para por aí: entre setembro e dezembro acontece em bibliotecas de todo o estado o módulo de escrita criativa, com material elaborado pela escritora Noemi Jaffe, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016.

A programação completa do Viagem Literária está disponível no site www.cultura.sp.gov.br.

 

Serviço:

Viagem Literária em Ribeirão Preto e região

 

Santa Cruz da Esperança

Bate-papo com Luiz Ruffato

Data: 8 de agosto, às 14h00

Local: Biblioteca Joaquim Messias de Araújo

Endereço: Rua Horário Roberto do Nascimento, 738

 

Jaboticabal

Bate-papo com Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira

Data: 14 de agosto, às 19h00

Local: Biblioteca Julia Luiz Ruete

Endereço: Praça Dr. Joaquim Batista, 252

 

São Simão

Bate-papo com Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira

Data: 15 de agosto, às 19h00

Local: Biblioteca Miguel Nayme

Endereço: Rua Bandeira Vilela, 153

 

Sales Oliveira

Bate-papo com Eduardo Spohr

Data: 22 de agosto, às 19h00

Local: Biblioteca Carmen Azevedo M. Guimarães

Endereço: Rua Sete de Setembro, 31

 

Sobre o Viagem Literária

Lançado em 2008, o Viagem Literária integra o conjunto de ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) e já foi prestigiado por mais de 285 mil participantes, entre adultos e crianças. Além da programação de encontros com os escritores, o programa traz em suas diretrizes a capacitação dos profissionais de biblioteca e também as oficinas de criação literária.

 

Já participaram das atividades nomes como Marcia Tiburi, Raphael Draccon, Ilan Brenman, Carla Caruso, Marcelino Freire, Cristovão Tezza, Luiz Ruffato, Daniela Arbex e Ignácio de Loyola Brandão, que já participou de diversas edições do programa: “a plateia ouve, pergunta, também conta histórias. Nada melhor para atrair uma criança, jovem, e por que não um adulto, que uma história? Sabemos que hoje competimos com celulares, tablets, vídeo games, toda aparelhagem tecnológica. No entanto por 35 anos de experiência em viagens e encontros, sabemos que a presença de um autor tem um efeito diferente, carismático”, comenta o autor.

Comente

Deixe uma resposta